Espiritismo

A Codificação Espírita

A Codificação Kardequiana

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

No mês de abril o movimento espírita comemora mais um ano da primeira publicação do Livro dos Espíritos ocorrido no ano de 1857. Um momento histórico, que despontou de modo singular para enriquecer o conhecimento humano. A Codificação Espírita nos convida constantemente às pesquisas, proporcionando, a todos aqueles que se predispõem a estudá-la, um rico aprendizado com entendimentos dentro de nossa relativa idéia das Leis

Morais que administram nossa vida material e espiritual. Muitos poderiam indagar: mais uma religião dentre tantas e de tão variadas nomenclaturas a que o homem cultua? Certamente que não, basta declinarmos nossos olhos com bases bem fundamentadas na razão, no bom senso, no equilíbrio e de forma imparcial para percebermos que o Espiritismo não foi mais um modismo do século XIX e nem é uma religião recente, seus postulados se confundem com misteriosas práticas dos antigos e suas raízes estão nos ensinamentos de todos os grandes homens que passaram na nossa vida terrestre. A moral espírita sempre foi imutável e universalista, nós é que a compreendemos gradativamente mediante nossa evolução intelectual e de nossas relativas observações lógicas desenvolvida através dos tempos, seus princípios básicos nos indicam que não se sujeitam a dogmas, nem é tampouco uma frágil seita sujeita a fórmulas ou práticas estranhas sempre criadas pelos homens com as mais variadas finalidades. As manifestações espíritas estão registradas na história da humanidade, no berço das civilizações modernas como os povos da Índia, do Egito, da Grécia, etc., retêm vestígios primitivos do imenso arcabouço doutrinário espírita que deve sempre ser estudado no seu tríplice aspecto: de ciência, convidando-nos às comprovações das evidências; de filosofia, mostrando-nos um roteiro seguro de comportamento moral e existencial; e de religião, descortinando assim, a pluralidade das existências e o modo de vida do espírito, nas nossas relações pessoais tanto na esfera material como também na esfera do plano espiritual. Coube a um grande educador que aos seus 50 anos de idade iniciou a magnífica obra da Codificação Espírita, auxiliado por um grande número de espíritos sob o comando superior de Jesus. Sim, estamos falando de Allan Kardec, um homem racionalista estudioso, emancipado do misticismo, tendo adquirido no estudo das ciências exatas, o hábito das coisas positivas, sondou, estudou, pesquisou e organizou todas essas manifestações que traziam ao ser humano informações significativas para a compreensão existencial da vida. O professor Herculano Pires, na obra Espiritismo – Antiguidade, Evolução e Propagação, do Clube dos Jornalistas Espíritas, resume a Doutrina Espírita: “... já havia doutrinas teológicas ocultistas e esotéricas que definiam a própria natureza de Deus. Não havia o critério positivo, racional que Kardec inaugurou, baseando cada ponto de doutrina nos resultados de numerosas observações e experimentações”. O estudo sistemático da Doutrina nos proporciona uma melhor lucidez das leis de Deus que regem o mundo, entretanto, compete a cada um de nós o estilo e a forma de nossa caminhada, Jesus nos ensinou os caminhos corretos que devemos trilhar, mas fazemos nossas opções, temos nosso livre arbítrio que constantemente exercemos. A Codificação Kardequiano Não devemos, portanto, perder de vista uma afirmação que Kardec nos deixou registrado: “Fé inabalável é somente aquela que pode encarar a razão, face a face, em todas as épocas da Humanidade” e, dessa forma, cumprir o primeiro mandamento que Jesus nos ensinou: “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo”. Vanilson. -------------------------------------------------------------------------------- Obras pesquisadas: - Allan Kardec – Pesquisas Bibliográfica e Ensaios de Interpretação – Zeus Wantuil e Francisco Thiesen. - Allan Kardec: “O que é o Espiritismo”, 14ª. ed. FEB, p. 36. - Allan Kardec – O druida reencarnado – Eduardo Carvalho Monteiro. 3ª. edição.

Nossas Atividades

Nosso Atendimento Fraterno

Nosso Atendimento Fraterno

Entendendo o que é o Atendimento Fraterno O Atendimento Fraterno na casa espírita é um trabalho estr...

Nossas Doutrinárias

Nossas Doutrinárias

O que São Doutrinárias em uma Casa Espírita As palestras públicas, mais...

Grupos de Estudos

Grupos de Estudos

É com grande satisfação que o Centro Espírita Porto da Paz, apresenta os grupos de estudos que temos...

Nossos Projetos Sociais

Nossos Projetos Sociais

O Projeto Social se divide em: Programa de Atendimento Básico e Emergencial, Programa de Promoção So...

Espiritismo

O que é Água Fluidificada

O que é Água Fluidificada

A água fluidificada é a água normal, acrescida de fluidos curadores. Em termos...

Obras básicas da Doutrina Espírita

Obras básicas da Doutrina Espírita

O Livro dos EspíritosDos cinco livros fundamentais que compõem a Codificaç&atil...

Tratamento Espiritual em uma Casa Espírita

Tratamento Espiritual em uma Casa Espírita

Tratamento espiritual: todo aquele em que foi diagnosticada uma influência espiritual (obsess&...

Doutrina Espírita ou Espiritismo?

Doutrina Espírita ou Espiritismo?

Doutrina Espírita ou Espiritismo É o conjunto de princípios e leis, revelados p...

Nossos Contatos

Email: diretoria@portodapaz.com.br

Telefone: +55 73 3288-4657

Website: www.portodapaz.com.br

CNPJ: 13.652.094/0001-25

Endereço: Rua Rafael Andrade Vinhas, 76 - Campinho - Porto Seguro - BA

Mapa de Localilzação